18 de ago de 2008

Alimento Para a Alma

Um amigo conterrâneo escreve lindamente.
Adoro esse texto dele... um alimento para a alma!
Espero que saboreie!


Texto 1
Tenho amores de anteontem e nenhuma certeza. Beijei bocas incertas antes da perfeição solar da tua e morri mil mortes de amor quando beijastes outro. Agora tenho só esperas e as derradeiras flores para entregar. Todas feitas das últimas delicadezas. Conheço as labaredas que queimam entre tuas coxas e as febres que tecem tua rede de sedução. Me afasto como barco, que faz meia volta antes do cais e se desperdiça no mar. E, amanhã, será apenas, questão de tempo...
Por César Oliveira

2 comentários:

4 amigas na cozinha disse...

Deixamos um presente pra você no nosso blog!
4amigasnacozinha.blogspot.com
um beijo,
Fernanda, Leda, Jacqueline e Jack

César disse...

Michellllllllllllllllllleeeeeeeeeee

Faz isso comigo não que nem mereço e , certamente, meu médico, se tivesse, não recomendaria emoções fortes para temperar minha vida.

Obrigado, obrigado e obrigado, por este carinho, por este tempero e sabor que colocou no meu dia, hoje.

A sua cozinha e gestos são de feitiços,não de ingredientes.

Tem texto novo la. Mil vezes, agradecido.

Um beijo

César Oliveira