1 de jan de 2010

Receitas da Dona Portela

Eu estava morando em Porto Alegre quando me mudei para Campinas. Lá no sul, eu tinha uma funcionária que trabalhava comigo todos os dias, a Carla. Ela adorava fazer as receitas da "Dona Portela"...esses dias resolvi fazer uma receita de "Frango na Cerveja Preta" e me lembrei das duas: da Carla e da Dona Portela.

Da Carla porque, como boa funcionária, sempre estava de olho nos meus livros de culinária para fazer algo diferente para o almoço. E, da Dona Portela, por quê o "Frango na Cerveja Preta" é de sua autoria.

Dou  muita risada com essa história de "Dona Portela". A Carla adorava uns livros que eu tenho - surrupiados da casa da minha mãe - com receitas bastante variadas e testadas de autoria da Elíbia Portela, culinarista de longa data, muito conhecida e reconhecida em Salvador e, que a Carla inistia em chamar carinhosamente de Dona Portela. Me lembro com carinho da Elíbia...

Minha mãe - a quem chamo carinhosamente de Gaby - sempre gostou muito de culinária...mas nunca a vi muito na cozinha...sempre tivemos empregadas e acredito que o passa tempo maior dela era mais colecionar as receitas - coisa que fazia desde os seus 16 anos - do que propriamente fazê-las, ainda que cozinhasse muito bem. O fato é que, nas minhas memórias de infância, lembro dos inúmeros cursos de culinária que Gaby fazia.  Ela aproveitava suas férias para fazer seus cursos e aproveitava também para dar férias para as empregadas e Michellinha aqui ía com Gaby para os cursos.

Meu primeiro curso de culinária foi aos 12 anos...um curso ministrado pela própria Elíbia, ainda na sede da Ladeira da Barra (ui, me senti velha agora...), para crianças, mas que tinha, em sua grande maioria, muito mais mulheres adultas. Muito diferente dos dias atuais...tenho 28 anos e de lá para cá, muita coisa mudou...hoje tenho conhecimento de escolas do ensino fundamental e médio que têm em sua grade cursos de gastronomia para os pimpolhos...mas naquela época era diferente...hoje, a profissão do cozinheiro, do culinarista, do chef, seja qual denominação quiser considerar, está muito mais valorizada...deu um boom...são as top models do momento...

Desde o cachorro quente, o bolo de chocolate delicioso feito com coca-cola, o beijinho de coco e outras cositas más, aprendidas no meu primeiro curso de culinária, muitas outras receitas apareceram diante de mim e do meu fogão...mas esses dias, retornando às origens, peguei os livros da Elíbia e resolvi fazer um "Frango na Cerveja Preta", que foi super aprovado! E o mais importante: me fez lembrar de momentos e histórias deliciosas como esta que acabei de contar...

Sobre a Elíbia Portela: http://elibiaportela.com.br/

Frango na Cerveja Preta*











Ingredientes:

6 coxas e sobre-coxas de frango
Limão a gosto
1 colher (sopa) de sal
1 colher (chá) de pimenta do reino branca em pó
2 dentes de alho
1 colher (sopa) de molho inglês
1 folha de louro
2 colheres (sopa) de cebola ralada
2 colheres (sopa) de manteiga
1 colher (sopa) de óleo
1 colher (sopa) de salsa picada
2 colheres (sopa) de catchup
3 tomates sem pele e sem sementes picados
1 cubo de caldo de galinha
1 tulipa de cerveja preta
1 talo de salsão (aipo) em cubos
2 cenouras em fatias
Cebolinhas em conserva
1/2 xícara (chá) de água morna



Modo de Preparo:

Limpe as coxas e sobre-coxas do frango com água e limão. Tempere-as com o sal, com a pimenta do reino branca, o alho, o molho inglês e a folha de louro. Deixe nesse tempero por 1 hora.

Em uma panela coloque a manteiga, o óleo e a cebola ralada. Coloque os pedaços do frango e deixe-os rechear até que estejam dourados. Acrescente a salsa picada, o catchup, os tomates, o caldo de galinha e a cerveja preta. Tampe a penela e deixe que cozinhem por 5 minutos. Junte o salsão (aipo), as cenouras, as cebolinhas e a água morna. Deixe que cozinhem até estarem todos macios.

* Fonte: PORTELA, Elíbia. Culinária Total Nº 2.